Itaú estende prazo de adesão do PDV até 13 de maio

Por Andréia Sadi

Apresentadora do Estúdio I, na Globonews, comentarista de política da CBN e escrevo sobre os bastidores da política no g1

Publicado: 03/05/2022 - Última atualização: 03/05/2022 10:46

O Itaú anunciou a extensão do Programa de Demissão Voluntária (PDV). Prevista para se encerrar em 29 de abril, a janela de adesão agora irá até o dia 13 de maio. O PDV é válido para todas as empresas controladas pelo Itaú Unibanco Holding S.A. no Brasil. 

Até aqui, a procura pelo PDV tem sido fraca. E o motivo está na baixa atratividade do programa. A rigor, empregadas e empregados encontram dois planos: A e B.  Ambos garantem o pagamento de 50% do salário corrente por ano trabalhado. As diferenças estão nos limites e na relação com os planos de saúde.

Quem escolhe a opção A receberá, no máximo, seis salários e poderá manter o plano de saúde e odontológico por 60 meses, pagando sua cota. Já o plano B limita o valor da rescisão a 10 salários, com manutenção do plano por 24 meses.

Há outros benefícios e condições que devem ser observados por quem pensa em aderir ao PDV do Itaú. Em especial, para pessoas que estão recebendo auxílio-doença ou possuem estabilidade provisória.

Na seção DQT, você encontra um texto completo sobre o tema, elaborado em parceria com a advogada Juliana Loyola, do escritório MP&C Advocacia. Confira:  https://www.declatra.adv.br/pdv-do-itau/

Você pode gostar

ARTIGOS RELACIONADOS

Notícias Andréia Sadi • 21 de maio de 2024

Revisão da aposentadoria: aposentados há mais de 10 anos têm esse direito?

Sim, aposentados e aposentadas há mais de 10 anos podem pedir revisão da aposentadoria ao INSS. Contudo, as possibilidades de revisão para esse público são menores do que a quem recebe o benefício há menos tempo.  Abaixo, as advogadas previdenciaristas Janaína Braga e Thayla Oliveira, do Ecossistema Declatra, listam alguns esclarecimentos importantes para quem tem […]

Ver mais
Notícias Andréia Sadi • 16 de maio de 2024

TV Evangelizar: Maria Vitória Costaldello fala sobre os direitos das vítimas da enchente no RS

As enchentes que assolam o Rio Grande do Sul desde o início de maio trouxeram inúmeros problemas para a população. Entre as famílias que perderam bens ou foram desalojadas, há muitos trabalhadores e trabalhadoras. Como ficam os direitos trabalhistas dessas pessoas? Em entrevista ao programa A Vida Não Para, da TV Evangelizar, a advogada Maria […]

Ver mais