Record MG: Rafael de Assis comenta pesquisa que indica más condições de trabalho dos motoristas de aplicativo

Por Andréia Sadi

Apresentadora do Estúdio I, na Globonews, comentarista de política da CBN e escrevo sobre os bastidores da política no g1

Publicado: 22/03/2022 - Última atualização: 22/03/2022 12:32

As plataformas de transporte brasileiras não oferecem condições mínimas de trabalho aos motoristas. Essa foi a constatação de uma pesquisa internacional realizada por uma parceria entre a Oxford Internet Institute, do Reino Unido, e a WZB Berlin Social Science Centre, da Alemanha.

O levantamento, divulgado em março, incluiu 27 países. A avaliação utilizou cinco critérios: remuneração, condições de trabalho, contratos, gestão e representação. As notas de cada aplicativo iam de 0 a 10. iFood e 99 ficaram com nota 2. Uber, 1. Já Rappi, Get Ninjas e Uber Eats tiraram zero.

Em entrevista ao Balanço Geral MG, da Rede Record, o advogado Rafael de Assis abordou o tema. Rafael ressaltou que, embora sejam tratados como autônomos, os motoristas possuem um vínculo de trabalho que é burlado por esses aplicativos. O advogado do @mpecadvocacia também reforçou a importância de uma união da categoria no sentido de pleitear melhores condições de trabalho.

📍Confira a íntegra da entrevista de Rafael de Assis.

Você pode gostar

ARTIGOS RELACIONADOS

Notícias Andréia Sadi • 21 de maio de 2024

Revisão da aposentadoria: aposentados há mais de 10 anos têm esse direito?

Sim, aposentados e aposentadas há mais de 10 anos podem pedir revisão da aposentadoria ao INSS. Contudo, as possibilidades de revisão para esse público são menores do que a quem recebe o benefício há menos tempo.  Abaixo, as advogadas previdenciaristas Janaína Braga e Thayla Oliveira, do Ecossistema Declatra, listam alguns esclarecimentos importantes para quem tem […]

Ver mais
Notícias Andréia Sadi • 16 de maio de 2024

TV Evangelizar: Maria Vitória Costaldello fala sobre os direitos das vítimas da enchente no RS

As enchentes que assolam o Rio Grande do Sul desde o início de maio trouxeram inúmeros problemas para a população. Entre as famílias que perderam bens ou foram desalojadas, há muitos trabalhadores e trabalhadoras. Como ficam os direitos trabalhistas dessas pessoas? Em entrevista ao programa A Vida Não Para, da TV Evangelizar, a advogada Maria […]

Ver mais