#DQT – Direito de Quem Trabalha
#ODT – O Direito Transforma

Planejamento Previdenciário: quais as vantagens de projetar sua aposentadoria

por | jul 13, 2021 | DQT | 0 Comentários

O planejamento previdenciário é uma das melhores ferramentas para quem busca acumular uma poupança adequada ao seu futuro – e que caiba no seu bolso do presente. Trata-se de um serviço de organização e de preparação pré-aposentadoria que visa garantir uma aposentadoria mais rápida ao trabalhador. A ideia é que ele receba o melhor benefício possível, dentro do que está disposto a investir.

Como o processo de aposentadoria exige o cumprimento de uma série de requisitos, é necessário estar atento a cada um deles. A seguir, a gente explica um pouco mais sobre como fazer um planejamento previdenciário e o quais detalhes você precisa estar atento. As dicas são das advogadas previdenciárias Francine Cadó e Janaína Braga, do escritório Marcial, Pereira & Carvalho (MP&C), de Belo Horizonte (MG), integrante do Ecossistema Defesa da Classe Trabalhadora (Declatra). Confira!

A importância de projetar a aposentadoria a longo prazo

A palavra previdenciário, pelo dicionário, significa aquilo que é previdente. Ou seja, aquilo que prevê e evitar transtornos. Justamente por isso que a previdência do INSS, ao contrário do que dizem, é um investimento tão importante. Como segurado, você tem acesso a uma série de benefícios. Isso inclui, por exemplo, diversas modalidades de aposentadoria, auxílio-doença, auxílio-acidente, pensão por morte, salário-maternidade, dentre outros.

Além dos benefícios, a Previdência Social é um fundo estável. Ou seja, não apresenta risco de falência. É diferente, por exemplo, das instituições privadas de previdência complementar. O máximo que pode acontecer são alterações na concessão do benefício. Daí a importância de ajustar-se o planejamento previdenciário de tempos em tempos. Com o passar dos anos e com a evolução profissional, podemos entender o nosso planejamento com outros olhos e então alterá-lo adequadamente.

Planejamento previdenciário:  quatro perguntas chave

Nesse sentido, quem está pensando em planejar sua aposentadoria deve ter quatro perguntas em mente:

  1. Em que momento de sua vida você pretende se aposentar, diminuir a carga de trabalho ou, ainda, não depender de salário?
  2. Qual nível de qualidade de vida você deseja ter a partir de então?
  3. Que renda mensal contempla tal nível?
  4. Quais as receitas que você quer ou pode investir desde já para construir este momento?

Nem sempre é fácil refletir sobre esses temas, em razão das muitas variantes. Muita coisa pode no meio do caminho. Isso só aumenta a relevância de planejar previamente a aposentadoria.

Quais as vantagens do planejamento previdenciário?

Aposentar-se no momento certo

É comum ler nos jornais ou assistir nos noticiários as constantes tentativas de mudanças na aposentadoria. Esse tipo de situação acaba gerando dúvidas no trabalhador sobre qual regra está realmente valendo para o seu caso. “Afinal, quando poderei me aposentar”. Um dos benefícios do planejamento previdenciário é dirimir esses questionamentos.

A partir dessa estratégia, o trabalhador entende como se aposentar no momento certo, evitando prejuízos por redução de contribuições, descontos desnecessários ou até por se aposentar antes do tempo. Vamos analisar o último caso. Digamos, por exemplo, que você pediu pedir sua aposentadoria antes do prazo legal. E parou de contribuir durante o trâmite do processo administrativo, que levou oito meses. Ao fim, o INSS negou a sua aposentadoria, pois você não atingiu o requisito de tempo mínimo exigido pela lei.

Em uma situação como essa, você perdeu oito meses de contribuição. Isso significa que você terá de contribuir por oito meses a mais para conseguir se aposentar no futuro. Ou seja, uma das funções do planejamento previdenciário é evitar transtornos desse tipo, garantindo a aposentadoria na hora certa.

Contribuir com o valor correto

Além disso, outra vantagem importante atrelada ao planejamento previdenciário é a garantia de contribuir com o valor correto. O cálculo da aposentadoria é feito por meio de uma média do valor das contribuições. Esse cálculo, chamado de fator previdenciário, sofre influência do tempo de contribuição.

Muitos trabalhadores, principalmente os autônomos, acabam pagando mais do que o necessário. Com o planejamento previdenciário, é possível fazer o cálculo da média, chegando ao valor adequado para se contribuir.

Garantir o recebimento do melhor benefício possível

Por fim, a terceira vantagem é a garantia de receber o melhor benefício possível. A aposentadoria é um direito de todo trabalhador e faz parte da estrutura econômica do país. Assim, deve ser vista como um direito e não apenas como um benefício pago pelo governo.

Os trabalhadores pagam, durante toda a sua vida, para ter acesso a uma aposentadoria segura e tranquila. O Por meio do planejamento previdenciário, é possível avaliar cada caso com mais atenção, a partir da coleta de dados e documentos do período em que o trabalhador esteve ativo.

Além de verificar qual é o melhor tipo de aposentadoria que pode ser aplicado para o seu caso, já que após a Reforma da Previdência de 2019, temos várias modalidades de aposentadoria e suas regras de transição.

Planejamento previdência: quando começar e como fazer

A antecipação é um ponto importante para que o trabalhador possa colher as vantagens do planejamento previdenciário. Por isso, é importante que você comece seu planejamento o quanto antes. Inicie de acordo com sua renda atual ou até mesmo com sua mesada, se este for o seu caso. O importante realmente é começar e se planejar o mais cedo possível.

Isso, entretanto, nem sempre é possível, em razão de uma série de fatores. Mesmo para quem já está mais próximo da aposentadoria pode se beneficiar do planejamento previdenciário. Não se ache jovem ou velho demais para começar. Entretanto, como esse processo demanda diferentes análises, o ideal é que você busque uma assessoria qualificada. Os advogados previdenciários são os profissionais mais indicados para auxiliar o trabalhador no momento de fazer o planejamento previdenciário.

Ficou com alguma dúvida? Envie uma mensagem pela caixa de comentários ou entre em contato pelo WhatsApp dos escritórios que integram o Ecossistema Declatra: Gasam Advocacia (PR) e MP&C Advocacia (MG).

#DQT (Direito de Quem Trabalha) é um serviço de conteúdo informativo elaborado pelos escritórios Gonçalves, Auache, Salvador, Allan & Mendonça (Gasam), de Curitiba (PR), e Marcial, Pereira e Carvalho (MP&C), de Belo Horizonte (MG). Ambos integram o Ecossistema Defesa da Classe Trabalhadora (Declatra).

Ficou com alguma dúvida? Envie uma mensagem pela caixa de comentários ou entre em contato pelo WhatsApp dos escritórios que integram o Ecossistema Declatra: Gasam Advocacia (PR) e MP&C Advocacia (MG).

#DQT (Direito de Quem Trabalha) é um serviço de conteúdo informativo elaborado pelos escritórios Gonçalves, Auache, Salvador, Allan & Mendonça (Gasam), de Curitiba (PR), e Marcial, Pereira e Carvalho (MP&C), de Belo Horizonte (MG). Ambos integram o Ecossistema Defesa da Classe Trabalhadora (Declatra).

×
Skip to content
This Website is committed to ensuring digital accessibility for people with disabilitiesWe are continually improving the user experience for everyone, and applying the relevant accessibility standards.
Conformance status